A IMPORTÂNCIA DA QUALIDADE DA IMAGEM NO DIAGNÓSTICO MÉDICO POR IMAGEM

O diagnóstico médico por imagem, também conhecido como imagiologia, é um dos exemplos do avanço da tecnologia e da aliança importantíssima dessa à medicina.

O diagnóstico médico por imagem é a análise diagnóstica do paciente com o auxílio de imagens geradas por diversos tipos de equipamentos. No entanto, um fator que deve ser analisado no tocante à impressão desse exame, é a importância da qualidade da imagem do diagnóstico médico.  Existem diversos tipos de exames por imagem, abaixo apresentaremos alguns.

RADIOGRAFIA

A radiografia é popularmente conhecida no Brasil como exame de Raio-X. Esse exame é realizado por meio de um aparelho que emite feixes de elétrons que irão colidir com os átomos. A imagem que se obtém nesse exame é uma imagem contrastante com partes claras e outras escuras, todas em 2D. A radiografia geralmente é utilizada para realizar exames no tórax, ossos e pulmões.

ULTRASSONOGRAFIA

Outra forma de diagnóstico médico por imagem, a ultrassonografia, ou ecografia, é um exame que, em geral, tem um custo menor que outros exames por imagem e é mais comum de ser encontrado em clínicas e hospitais. A ultrassonografia não é radioativa, o que possibilita o seu uso para mulheres grávidas, por exemplo. Ela é um exame em que se avalia o paciente em tempo real, utilizando ondas sonoras, que ‘ecoam’, ou seja, batem e retornam, formando imagens e permitindo o diagnóstico médico.

TOMOGRAFIA

A tomografia é um exame parecido com a radiografia, mas é mais avançada, pois apresenta uma melhor resolução. O exame também se dá através da emissão de Raios X.

Nesse exame, um computador recolhe as informações fornecidas por uma câmera cilíndrica que emite uma sucessão de raios X, possibilitando assim o diagnóstico. Na tomografia as imagens podem ser emitidas em formato 2D ou 3D.

MAMOGRAFIA

A mamografia é outra forma de diagnóstico médico por imagem que ficou muitíssimo conhecida devido às várias campanhas de incentivo a realização desse exame.

Também realizada através da emissão de raios X, mas com o diferencial da utilização de um elemento químico chamado Molibdênio, que aumenta o contraste da imagem, a mamografia é utilizada para uma análise mais precisa do tecido mamário, com a intenção de detectar um nódulo, mesmo que ele ainda possa ser percebido através do tato.

ENDOSCOPIA

A endoscopia é um exame diagnóstico responsável pela análise da mucosa do esôfago, do estômago e da primeira parte do intestino delgado. Ela é realizada através do endoscópio, um tubo sensível que tem na ponta um chip responsável por capturar as imagens do sistema digestivo, como se fosse uma câmera. O chip captura as imagens, e essas são transmitidas para uma máquina processadora, que as exibe em tempo real. Esse diagnóstico médico por imagem, geralmente é indicado para quem tem cirrose no fígado, doença de Crohn e também para pesquisas da bactéria Helicobacter pylori.

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA

A ressonância magnética é uma ferramenta diagnóstica não invasiva que fornece imagens multiplanares, obtidas através de um campo magnético e ondas de rádio-frequência. O exame não é radioativo, já que não usa raios-x, não sendo recomendado apenas para pacientes que utilizam marca passo. O diagnóstico médico por imagem obtido através da ressonância magnética dá-se através de imagens 2D e 3D, e devido a excelente caracterização da anatomia que ele emite é possível ao médico diagnosticar mais facilmente qual a patologia do paciente.

MEDICINA NUCLEAR

A Medicina Nuclear é uma ferramenta de diagnóstico médico que, através de métodos seguros, não invasivos e quase totalmente indolores, permite formar um diagnóstico médico por imagem ou filmes que informam acerca do estado funcional dos órgãos do paciente. Esse exame fornece informações que outros exames diagnósticos não conseguiriam, através da marcação de moléculas que fazem parte dos processos fisiológicos. Com a medicina nuclear, através da emissão de ondas eletromagnéticas pode-se observar o estado fisiológico dos tecidos.

 

IMPRESSÃO DE DIAGNÓSTICOS MÉDICOS POR IMAGEM

Com diversas finalidades, os diagnósticos médicos por imagem costumam ser impressos e essa impressão em geral é realizada através de filmes Dry. No entanto, com o avanço tecnológico existe a opção de impressão a laser dos diagnósticos médicos por imagem.

A impressão desses diagnósticos em papel gera vários benefícios, entre eles, a diminuição do custo da impressão em relação ao filme. A redução do custo gira em torno de 70 a 80%. Outros benefícios são a facilidade e agilidade desse tipo de impressão. Já que o método de impressão a laser estará à disposição do médico, da clínica ou do hospital.

No entanto, para se obter uma imagem com uma qualidade real, há que se adquirir equipamentos que realmente sejam soluções em tecnologia, como por exemplo, impressoras de alta definição.

Com soluções viáveis para impressão para sua clínica ou hospital, a Santa Print atua na revenda de impressoras de alta definição como Konica Minolta.

Deixe seu comentário sobre este post e, se precisar, fale comigo.

Paulo Zanelatto.

Santa Print.

Soluções em Tecnologia e Impressão.

Criciúma/SC

Veja também: